INCÊNDIOS | WWF

What would you like to search for?

UM PLANETA EM CHAMAS

© pixabay.com

O nosso planeta enfrenta uma crescente emergência climática que resultou num planeta em chamas. Esta crise de super incêndios é a ponta do iceberg de uma muito mais ampla e grave para a humanidade, a crise climática. 
 

O ano de 2019 ficará na história pelo triste recorde de incêndios excecionais em todo o planeta. A região Ártica, Austrália, Indonésia, Amazónia, Europa, Chile, Califórnia ou África Central, arderam em eventos de extrema intensidade. Este cenário, infelizmente, veio para ficar, sendo uma realidade com a qual temos de aprender a conviver nos próximos anos.

A Península Ibérica é particularmente vulnerável aos super incêndios. O problema dos incêndios é cada vez maior: ano após ano cresce a proporção de grandes incêndios em relação ao número total de sinistros. A alta sinistralidade e intencionalidade, o despovoamento rural, o abandono de usos tradicionais, a ausência de incentivos e políticas que possam gerir de forma coerente o território e os efeitos das alterações climáticas são o cocktail perfeito para incêndios de alta intensidade, simultâneos e impossíveis de apagar.

Mas a verdade é que não estamos preparados para estes super incêndios. As alterações climáticas são o presente e o futuro e urge tomar medidas de adaptação e mitigação para reduzir os impactos previstos.

As políticas de combate contra os incêndios a nível global estão condenadas ao fracasso: priorizam avançados dispositivos de extinção e ignoram os efeitos do aquecimento global e da acumulação de combustíveis à escala da paisagem. A única solução possível é a prevenção.

Há solução e está na nossa mão. Estamos a tempo de reduzir os impactos, urge mudar o atual modelo, reconhecer que não existe capacidade para apagar os super incêndios. Apostar na prevenção à escala planetária: lutar contra as alterações climáticas, gerir o território, promover paisagens rentáveis e menos inflamáveis, reduzir a sinistralidade e travar a desflorestação nos trópicos.

Restaurar também é prevenir. Os incêndios, dentro da fatalidade, podem constituir uma oportunidade para criar paisagens menos inflamáveis e evitar que voltem a arder no espaço de 20 ou 30 anos.

LÊ O RELATÓRIO
        
            
        
    

Esta é a PYROS Collection.

Uma coleção exclusiva de peças de mobiliário feitas a partir de madeira queimada. 
Uma destas peças únicas será enviada ao Ministro do Ambiente, uma forma de lembrar as autoridades que têm de apostar na prevenção, para que estas tragédias não se repitam.

De 25 de junho a 11 de julho, a Pyros Collection estará no átrio central do Alegro Sintra, para todos verem.