O que gostarias de pesquisar?

PLÁSTICOS

© Milos Bicanski / WWF-UK

QUEREMOS ZERO PLÁSTICOS NA NATUREZA. QUEREMOS UM ACORDO GLOBAL.

O plástico está em toda parte. Das praias da Indonésia ao Ártico, está a sufocar silenciosamente o nosso planeta. 8 milhões de toneladas de plástico chegam aos oceanos todos os anos. É urgente que os líderes mundiais travem a crise provocada pelo plástico. Junta a tua voz à nossa!

O plástico contamina solos, rios, oceanos, e entrou até na nossa cadeia alimentar. Muitos de nós fazem a sua parte para reduzir este tipo de poluição, mas é hora de governos e empresas assumirem a sua responsabilidade também. É, mais do que nunca, fundamental agirmos para travar em terra os resíduos plásticos, de modo a evitar que estes terminem no mar e sufoquem os nossos oceanos.

Pede aos governos que estabeleçam um acordo global juridicamente vinculativo para impedir que os plásticos poluam os nossos oceanos! Assina a petição agora.

Com a chegada da pandemia, vimo-nos a braços com uma nova realidade, em que a nossa saúde e segurança depende agora do uso diário de máscaras e outros acessórios que nos protejam do vírus. Novos hábitos surgiram, mas outros continuam a ser mantidos: atirar lixo para o chão. 

Diariamente, milhões de máscaras, luvas e outros acessórios são deitados ao lixo e muitas vezes ao chão, acabando por permanecer na natureza e sufocar as espécies que nela vivem.
 
Felizmente, as máscaras reutilizáveis são igualmente seguras quando usadas corretamente. Sempre que puderes, diz não aos descartáveis. Protege-te a ti, protege-os a eles.

#ChokingMasks #ProtectNature
 

CHOKING MASKS

O que nos mantém a salvo, deixa-os em risco.

© ANP|WWF

X-Ray da Poluição por Plástico: Repensar o Plástico em Portugal

O relatório "X-Ray da Poluição por Plástico: Repensar o plástico em Portugal" é o primeiro relatório português sobre a crise da poluição por plástico em Portugal, evidenciando  as lacunas existentes na informação e desafiando governos, empresas, produtores, gestores de resíduos e cidadãos a fazerem melhor.

A transparência dos dados é uma das principais questões do país, sem a qual nenhuma estratégia concertada para uma economia circular pode ser criada. A ANP|WWF pede mais informações e uma estratégia nacional que possa ter efeitos a longo prazo em travar a fuga de plásticos para a natureza até 2030. 

O LIVE STREAM QUE NINGUÉM VAI TERMINAR

© nossa

Uma garrafa de plástico demora em média 450 anos a decompor-se! Segue o processo simbólico de decomposição de uma garrafa, em tempo real, no mais longo live stream de sempre.

Vê o Live Stream
Doar
Doar