PLANTAR ÁGUA | WWF

What would you like to search for?

© ANP|WWF

"Plantar Água" é um projeto da ANP|WWF, em parceria com The Coca-Cola Foundation, que visa o restauro ecológico de áreas ardidas na Serra do Caldeirão.

Decorre entre 2019-2022 e intervém em 100 hectares de 6 parcelas afetadas pelo grande incêndio florestal da Catraia (Sítio do Barranco da Corte/ Ribeira da Foupana, freguesia de Cachopo, no concelho de Tavira).

Com a instalação de + 50 000 árvores e arbustos mediterrânicos pretende-se reverter a degradação da paisagem e dos ecossistemas afetados pelo incêndio e recuperar as suas importantes funções e serviços, fundamentais para o equilíbrio ambiental e bem-estar das comunidades.

Um dos importantes benefícios estimados é a recuperação de mais e melhor água para todos os usos e milhares de utilizadores. Estima-se com a floresta madura em 2050 que haja uma recuperação de 200-250 milhões de litros de água/Ano, um ganho de cerca de 20% na quantidade de água que abastecerá os aquíferos subterrâneos.

E como é que se recupera e planta Água? Plantando floresta mediterrânica. A floresta desempenha um papel direto na recuperação e absorção da água da chuva no solo. Tendo mais floresta, captamos mais água da atmosfera. Temos também mais solo húmido, e reduzimos a erosão e a escorrência. Com mais solo para infiltrar e depurar podemos esperar mais e melhor água para esta região que sofre de escassez hídrica e que, num contexto de alterações climáticas, poderá ter a sua situação agravada.         

A obra de restauro implicará:
  •  Remoção de espécies invasoras
  •  Instalação de 50 mil árvores e arbustos
  •  Recuperação de galerias ripícolas
  •  Monitorização da água, solo e biodiversidade
 

© ANP|WWF Manuela Sousa