O que gostarias de pesquisar?

TUBARÕES E RAIAS: GUARDIÕES DO OCEANO EM CRISE

© Mário Rolim

Existem 117 espécies de raias, tubarões e quimeras no mar português - mas 43% destas estão ameaçadas.

Estes predadores antigos capturam a nossa imaginação. Mas os tubarões e raias estão em crise, com muitas populações a serem dizimadas pela sobrepesca. A ANP|WWF e a Fundação Oceano Azul uniram forças para perceber o declínio deste Guardiões do oceano, e precisamos da tua ajuda para salvar os nossos tubarões e raias.

© Jorge Fontes

O PROBLEMA

Portugal ocupa o 3º lugar entre os países europeus que mais capturam tubarões e raias, atrás de Espanha e França. Somos o 8º país do mundo líder em importação de carne de tubarão e o 6º em exportações. Mas a maioria das capturas de tubarão em Portugal acontece de forma acidental, enquanto pescamos outras espécies como o atum ou o peixe-espada. 


O QUE PODES FAZER?
As tuas escolhas diárias afetam os tubarões e raias mais do que imaginas, mesmo que mores longe do oceano.
 
  • Assume um compromisso connosco, diz #TubarãoNoPratoNão e #TiraARaiaDestaAlhada. Assina o compromisso no formulário abaixo e faz o download da nossa moldura para pores nas tuas fotos de perfil nas redes sociais.
     
  • ​Usa um guia de pescado, como o da ANP|WWF, para garantir que todo o peixe e marisco que comes - como o atum ou o peixe-espada preto - são de origem responsável.
     
  • Evita sopa de barbatana de tubarão e outros produtos de tubarão e raias, a menos que esteja claro que são de fontes sustentáveis. Lembra-te que a carne de tubarão é frequentemente vendida com outros nomes, como "cação" ou "tintureira".
     
  • Procura nos rótulos do teu creme hidratante ou das vitaminas que tomas pelos ingredientes "esqualeno" ou "óleo de fígado de tubarão" - há consumo que está escondido em produtos do nosso dia-a-dia!

© Jorge Fontes
Doar
Doar