HORA DO PLANETA 2020 ANUNCIA EVENTO OFICIAL EM GAIA | WWF

What would you like to search for?

Our News

HORA DO PLANETA 2020 ANUNCIA EVENTO OFICIAL EM GAIA

A Hora do Planeta, evento emblemático da WWF dedicado à consciencialização sobre as alterações climáticas, vai acontecer a 28 de março. Em 2020, o evento decorre pela primeira vez em Gaia e debruça-se sobre o tema “Água e Biodiversidade”, pedindo a todos para apagarem a luz durante uma hora e levantarem a sua voz pela natureza.

No Sábado, 28 de março, às 20h30, a Hora do Planeta, um dos maiores movimentos globais pelo ambiente, vai juntar pessoas por todo o mundo para mostrarem o seu compromisso com o planeta. O evento deste ano em Portugal decorre, pela primeira vez, em Vila Nova de Gaia, com o apoio da Câmara Municipal, incluindo uma exposição sobre o tema “Água e Biodiversidade” e um percurso de remo realizado por atletas locais no rio Douro.
 
Para Ângela Morgado, Diretora Executiva da ANP|WWF, a ONG organizadora deste evento, “a água é a base de toda a vida. E, no entanto, damo-la por garantida. Segundo o Relatório do Planeta Vivo de 2018, as populações de espécies de água doce diminuíram em 81% desde 1970. A nível global, os ecossistemas de água doce (lagos, rios e pântanos) são os habitats mais ameaçados de todos, e é urgente que as pessoas saiam em defesa destes ecossistemas. O evento da Hora do Planeta 2020 será dedicado à consciencialização sobre a importância da água, o que inclui falar sobre a Rede Douro Vivo, um consórcio de cientistas, ambientalistas e outras entidades que estão a estudar a bacia hidrográfica do Douro, uma das maiores e menos conhecidas da Europa”.
 
Valentim Miranda, Vereador do Ambiente da Câmara Municipal de Gaia, salienta que “o Município vem, com muito empenho e entusiasmo, dar continuidade a uma ação que tem vindo a ser desenvolvida há vários anos, com crescente interesse e mobilização do público em geral. Gaia disponibilizou-se este ano para, em parceria com a WWF, valorizar ainda mais esta iniciativa na nossa Cidade, um desafio que se nos apresenta com duas vertentes: o de ser primeiro ano que se realiza fora de Lisboa e o de conseguirmos sensibilizar ainda mais gente”.
 
A Hora do Planeta 2020 vai contar com milhões de pessoas que vão juntar-se por todo o mundo em vários eventos, e vai convidar todos a assinar e mostrar o seu apoio online no site Voice for The Planet. Estas assinaturas serão mais tarde apresentadas aos líderes mundiais em fóruns globais como a Assembleia Geral das Nações Unidas, com o objetivo de assegurar um Novo Acordo para a Natureza e as Pessoas que lide com a perda de natureza, reverta o declínio ambiental e salvaguarde o futuro de todos.
 
“A taxa global de perda de natureza nos últimos cinquenta anos atingiu níveis sem precedentes na história humana, afetando as nossas vidas e o nosso bem-estar,” afirmou Marco Lambertini, Diretor da WWF Internacional. “Estima-se que os serviços que a natureza nos dá valham 125 mil milhões – o dobro do PIB mundial – e sem os recursos naturais, os negócios e serviços dos quais dependemos, falham. A natureza também nos dá comida, água e ar limpo, e é uma das mais fortes aliadas no combate às alterações climáticas. É essencial que juntemos a nossa Voz pelo Planeta por um Novo Acordo para a Natureza e as Pessoas em 2020 que garanta um futuro sustentável para todos”.
 
Além dos cidadãos e organizações da sociedade civil, muitos chefes de Estado, ambientalistas e celebridades vão também celebrar a Hora do Planeta, juntando-se a este movimento necessário para assegurar um futuro saudável, resiliente ao clima e sustentável para todos. O vídeo oficial da Hora do Planeta 2020 junta as vozes de cidadãos, empresas, governos e celebridades de todo o mundo, incluindo: Lara Worhington (Modelo e Atriz, Austrália), António Guterres (Secretário-Geral das Nações Unidas), Alexander Van Der Bellen (Presidente, Austria), Gonzalo Revoredo (Ator, Peru), Swoopna Suman (Músico, Nepal) e Deng Lun (Ator, China).
 
Na última década, a Hora do Planeta inspirou a participação global em diversas iniciativas ambientais, ajudou a criar consciência e, por sua vez, ação e mudança política. Entre os seus pontos altos, o movimento ajudou na criação de uma Área Marinha Protegida de 3.5 milhões de hectares na Argentina, uma floresta de 2.700 hectares no Uganda e ajudou a aprovar nova legislação para a proteção dos mares e florestas na Rússia. No último ano, a WWF Equador fez força por uma lei que banisse o uso de sacos de plástico, outros produtos de plástico de uso único e produtos de esferovite na capital e a WWF Indonésia iniciou a plantação de 20 mil mangues em 13 cidades.
 
Hora do Planeta em Portugal


No dia 28 de março
O Centro Cívico de Gaia irá receber uma exposição sobre Água e Biodiversidade, com exibição ao público do minidocumentário da Rede Douro Vivo “Rios d’Ouro”. A exposição estará aberta a partir das 14h30. Às 18h00 decorrerá um percurso de remo para atletas de clubes locais, ao longo das margens do Douro, e que terminará no Cais de Gaia. O apagão terá lugar às 20h30.
 
A participação neste evento é gratuita e aberta a todos. O programa encontra-se disponível em https://horadoplaneta.pt/eventos/.
 
O Apagão
Em Portugal, à data de hoje, são mais de cinquenta os municípios aderentes, prevendo-se que muitos mais adiram ao longo do mês. Os principais monumentos de Lisboa, como o Santuário do Cristo Rei, a Ponte 25 de Abril, o mosteiro da Serra do Pilar em Vila Nova de Gaia (entre outros), o Aqueduto da Amoreira em Elvas, o Castelo de Bragança, o Mosteiro de Arouca, a Praça da República em Ovar, entre muitos outros, já confirmaram que vão aderir ao apagão simbólico.

Parceria com Escuteiros
A Hora do Planeta em Portugal reforça este ano a sua parceria com o Corpo Nacional de Escutas para trabalhar em conjunto sobre as questões ligadas ao ambiente, organizando eventos e ações de campo em conjunto. José Rodrigues, Secretário nacional para o Ambiente e Sustentabilidade do CNE, afirmou que “desde a fundação do escutismo, há mais de 100 anos, que a natureza é o espaço privilegiado para a realização de jogos, aventuras e vivências e um local de excelência de formação, para os escuteiros desenvolverem as suas brincadeiras, capacidades e competências. O cuidado a ter na sua preservação e na sua sustentabilidade são pilares fundamentais da nossa formação, uma vez que a entendemos como a "nossa casa comum". O CNE associa-se a esta causa, pois entende que é necessário e urgente, unirmo-nos em torno de ações concretas que permitam alertar, e reduzir, os impactos negativos causados à biodiversidade, que comprometem o nosso futuro comum”.
 
Empresas
A Hora do Planeta tem como objetivo mobilizar indivíduos, empresas e governos para serem parte das soluções necessárias para construir um futuro saudável e sustentável para todos.  São já várias as empresas que a nível nacional se tornaram apoiantes da Hora do Planeta, incluindo o El Corte Inglés, que está empenhado no desenvolvimento sustentável através da implementação de várias ações de consciencialização ambiental nos seus espaços comerciais ao longo do ano, e a Reckitt Benckiser, que “quer proteger, curar e nutrir numa busca incansável para alcançar um mundo mais limpo e saudável”.

Website oficial Hora do Planeta em Portugal: horadoplaneta.pt
Website oficial Hora do Planeta: www.earthhour.org  
Video Oficial Hora do Planeta
 Gifs Hora do Planeta