Edição 2010 | WWF

Edição 2010



A contabilidade tradicional do consumo de água no mundo restringe-se ao seu consumo directo – aquela que utilizamos a partir das torneiras para o nosso abastecimento doméstico.

Estima-se que em Portugal a utilização de água seja aproximadamente de 52 m³/pessoa/ano, variando a capitação diária regional entre cerca de 130 litros (nos Açores) e mais de 290 litros (no Algarve).

No entanto, o consumo efectivo de água duma sociedade é bastante superior, por via dos restantes usos – nomeadamente a agricultura de regadio (que em Portugal como na maior parte dos países mediterrânicos, representa mais de 2/3 do consumo total de água), e os usos industriais e energéticos.

De acordo com o Relatório da Pegada Hídrica em Portugal 2010, cada habitante do nosso País é responsável pela utilização de 2.264m3/ano. Mais de 80% desse valor diz respeito ao consumo de bens agrícolas, e mais de metade corresponde à importação de bens para consumo - ou seja, 54% da pegada hídrica em Portugal é externa.

Criminoso


Ogilvy Portugal / WWF Mediterrâneo

Veja aqui o novo filme ‘Criminoso’ criado pela Ogilvy para a WWF que chama a atenção para a necessidade combater o desperdício de água.

Capa - Pegada Hídricia em Portugal 2010 
	© WWF - Mediterrâneo
Capa - Pegada Hídricia em Portugal 2010
© WWF - Mediterrâneo
  
	© WWF - Mediterrâneo
© WWF - Mediterrâneo

Pegada Hídrica – o que é?

A Pegada Hídrica (ou Pegada da Água) é um indicador que expressa o volume total de água usada por um país para produzir bens e serviços consumidos pelos seus habitantes.

E pode ser:

a) interna - a necessária para produzir os bens consumidos dentro do País;
b) externa - a que resulta do consumo de bens importados

  rel=
© WWF - Mediterrâneo

WWF Water Stewardship

A pouca eficiência do sector agrícola nacional, a dependência dos bens agrícolas que importamos (principalmente de Espanha), e as diferenças geográficas internas, com problemas de escassez de água a sul (em particular na bacia do Guadiana), são as principais causas da elevada pegada hídrica nacional.

A WWF aposta no aumento da eficiência no uso da água e no desenvolvimento da ferramenta Water Stewardship como principais formas de reduzir a elevada pegada hídrica do país. O estabelecimento de uma iniciativa internacional para a certificação da gestão responsável da água, participada pelos cidadãos, empresas e Estados, é essencial para atingir a protecção e o uso sustentável dos recursos hídricos. A situação de Portugal reforça a necessidade do envolvimento nacional nesta iniciativa.